Como prometido vamos ao segundo dia de desfiles do Minas Trend.

(para que não viu o que rolou no primeiro dia CLICA AQUI)

Dia 05/04 subia na passarela as coleções de Lucas Magalhães, Bob Store, Unity Seven, Manzan com fechamento de Victor Dzenk com coleção especial da Preta Gil, que esteve presente na passarela e fez a festa esbanjando alegria e cantando para os convidados.

A presença de blogueiras(os) era impossível de não notar, eles se multiplicavam a cada passo, com looks super antenados e seus celulares a postos gravando e postando tudo para seus milhares de seguidores sentirem que estavam ali a todo momento participando de cada detalhe do evento. Além é claro de renomados da moda brasileira como Gloria Kalil.

No dia 05 de abril também Lilian Pacce lançou seu livro que conta a história do biquíni no Brasil, no mesmo dia Alice Ferraz lançou sua publicação sobre comportamento da brasileira frente à moda.

Mas vamos ao que mais interessa, os desfiles.

Abrindo os desfiles Lucas Magalhães  traz as passarelas peças com elementos da alfaiataria e muito tricot. Podemos destacas como ponto principal o xadrez e listras, que estiveram presentes em quase todos os looks.

 

Bob Store traz as peças mais usáveis (na minha opinião) da temporada. Com peças divididas em quatro temáticas: utilitárias, streetwear, pijamas e retrô. A coleção abusa do P&B que se mistura com outros tons neutros e o verde militar, os looks são fáceis de combinar e de vestir, dá para fazer brincadeiras bem legais de misturas sem risco de errar. As saias de couro com fenda foram as minhas preferidas, mas já queria todas as peças no meu closet ♥

 

Unity Seven é babado, babado e mais babado com amarrações.

A marca entra em cena mostrando peças coesas e com cortes sofisticados e tons neutros, as cores fortes não tiveram vez. Os looks destacavam a feminilidade e a sensualidade da mulher em vestidos de festa longos de tecido delicado, seda, cetim e malharia fina. 

Manzan, ah como eu amei este tema, Tailândia coisa linda de se ver. Letícia Manzan utiliza dos tecidos mais leves e sofisticados para criar looks inspirados na cultura tailandesa e seus kimonos ricos em detalhes com muitos bordados de linha, pedrarias foscas, cristais, paetês e fitas de cetim.

O que falar das mochilas? Queria já, agora, now! uma de cada, para passear, ir no shopping, festa ou em qualquer lugar, foi muito amor por cada uma delas ♥

Assim como a Unity Seven, Manzan traz cores leves e sóbrias, tons de rosa bebê, azul clarinho e tons pastéis, o destaque fica por conta da riqueza dos bordados assinados por Daniel Ueda, stylist da apresentação.

 

 

E o com fechamento de Victor Dzenk termina mais uma edição do Minas Trend, este com toque especial em comemoração aos 10 anos do evento.

Mas falando de Victor Dzenk preciso desabafar, Victor foi parte importante da minha monografia da faculdade e é uma pessoa muito simpática que nos recebeu prontamente para gravarmos nosso trabalho, alimentei uma simpatia imensa por ele todos estes anos, mas confesso que desta vez fiquei decepcionada. Não gente, não foi pelas peças dele, elas estavam maravilhosas como sempre, esbanjavam riqueza em estampas coloridas e cheias de vida, além dos looks com cores monocromáticas e tons fortes como laranja, azul e verde. Rendas, babados, alfaiataria e metálicos fizeram parte das criações com looks comerciais e cheios de atitude, como já é do DNA da marca.

Com participação especial de Preta Gil, que assinou algumas peças da coleção e é garota propaganda da marca nesta coleção, veste as peças do estilista em seus shows e exigiu que todas as peças fossem “all size”, ou seja, modelagem com numeração elástica.

Preta cantou e encantou a todos os convidados com sua alegria e simpatia e convidou para a passarela  junto a ela e Victor as estilistas, costureiras e funcionários do ateliê e falou frases de efeito como “Vai ter GG na passarela sim” e “Vamos democratizar a moda”, bom e é ai que eu fiquei chateada, poxa vida, cadê o GG da passarela?? Quando fiquei sabendo do desfile do Victor e que teria Plus Size pensei “Esse eu não perco por nada na vida, preciso ver as Plus na passarela do meu primeiro Minas Trend”, bom ainda estou esperando as plus entrarem, cadê?? Cadê os GG na passarela? A única GG que subiu lá foi a Preta. Fiquei na expectativa e me frustrei. Lá no fundo, na passarela superior tinha uma modelo “fora do padrão” mas que vestia no máximo 44, não teve GG, no máximo um “Gzinho”! Ok! Já foi um começo, mas é que eu esperava mais, esperava ver GG real, esperava que o “All size” fosse All e não One.

Bom eu espero de coração que no próximo tenhamos GG real nas passarelas e que desfilem lindamente e mostrem o que é realmente uma moda GG democrática.

Vejam algumas fotos do desfile, que apesar de não ter sido como pensei teve uma coleção linda:

 

 Ahhh gente e como eu poderia esquecer de citar esse amor de pessoa que enfim consegui conhecer?? Gabi Sales do Rica de Marré. Sabe aquela blogueira que você ama e respeita? É ela ♥

Acompanho a Gabi a não sei quanto tempo e sempre fui fã de seu trabalho e de sua simpatia com o público e suas lacrifans.. hahaha

Amei te conhecer pessoalmente no Minas Trend e torço demais para o seu trabalho ser próspero. Muito e muito sucesso! Que ainda nos encontremos muito nessas passarelas da vida 😉

 

 

 

 

 

Agora vamos a parte dos agradecimentos.

Agradeço a Marli Mendes e ao Ricardo Vieira  por me deixarem participar deste dia e escrever para o Falando de beleza. Ao Adriano Ramalho pelas fotos lindas (todas as fotos dos desfiles deste post foram dele) e a Sabrina Nogueira que também arrasou ??

 

Ahh também encontrei pelo Minas Trend nossa Miss Minas Gerais Plus Size Kely Ramos, a Erika Sargin e o querido amante plus Adrilles Jorge. ❤

 

Booom ficamos por aqui e até breve!!!

Beijoss ???

 

One thought on “Minas Trend Preview – Verão 2018 | 2° dia”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.